Ir para o conteúdo

 

comprar um carro nos Estados Unidos
comprar um carro nos Estados Unidos

A espera acabou! É hora de comprar um carro nos Estados Unidos

Finalmente você se sente financeiramente seguro para comprar um carro nos Estados Unidos!

Você fez suas contas e descobriu que dá para colocar um financiamento em seu  orçamento , ou mesmo juntou, arduamente, o dinheiro para comprar o carro à vista!

Acontece bastante isso por aqui, não é mesmo?

O que as pessoas não sabem é que comprar um carro nos Estados Unidos não é tão simples quanto parece.

Envolve certa burocracia e custos adicionais que devem ser levados em consideração na hora de tomar a decisão.

Você está perdido e ainda não sabe o que deve fazer?

Acalme-se, nós estamos aqui para te ajudar! 😉

Abaixo você pode conferir o guia completo e definitivo de como comprar um carro nos Estados Unidos, com dicas que vão desde a hora de escolher o carro até macetes para não cometer gafes e erros comuns no trânsito.

Vamos lá!

Comprando seu primeiro carro - Tudo começa com uma ideia!

Muito bem. Neste ponto, se você ainda não decidiu que tipo de carro comprar, nós da BRZ temos algumas sugestões à fazer.


Todo mundo sabe o quão importante é a locomoção para as pessoas nos Estados Unidos.

Seja para ir ao trabalho, fazer compras, ir para a escola  e, principalmente, para os momentos de lazer, pois alguns locais como museus ou restaurantes podem estar distantes de você, não é verdade?

Por isso é muito importante decidir qual será o papel do carro em sua vida. Pergunte-se, por exemplo:

  1. Quantas pessoas o meu carro precisa transportar?
  2. Preciso carregar ferramentas e objetos pesados dentro do carro?
  3. O quão distante eu irei?
  4. Consigo encontrar estacionamento fácil onde moro?

Para responder essas perguntas, vale uma pesquisa rápida do carro no site da Carfax.

Lá eles te darão uma descrição sobre os carros que você almeja comprar e dados técnicos do veículo.

O ideal é que seu carro seja sempre seguro, econômico e confortável para as necessidades diárias que você tem.

Vamos para uma situação hipotética:

Sr. Clodomiro é um ajudante de pintura que já mora nos Estados Unidos há alguns anos com sua esposa e dois filhos pequenos.

Ele tem um Honda Accord 98 que usa para trabalhar e fazer as compras do mês e levar os filhos à escola.

O problema é que por ser um carro mais antigo, o veículo dá muitos problemas de motor e vive deixando ele na mão justo nos dias frios de inverno.

Levando isso em consideração, Sr. Clodomiro decidiu que era hora de trocar seu "fiel escudeiro" por um modelo mais novo e mais econômico.

Seria sensato da parte de Sr. Clodomiro comprar um Ford Mustang 2017 com motor turbo e direção assistida? 🙄

Bom, por mais tentadora que a ideia de ter um Ford Mustang 2017 com motor turbo e direção assistida pareça, um carro sport desses não o ajudaria muito no que ele realmente precisa no dia-a-dia.

Além do mais, será que um carro desses realmente cabe no orçamento familiar dele? O que nos leva ao segundo ponto...

Devo financiar ou comprar meu carro à vista?

Se tem uma palavra que define o "sonho americano" essa palavra é "crédito"!

Um bom crédito te leva a bons lugares e facilita o acontecimento das coisas na terra do "Tio Sam", por isso é sempre importante manter um bom record em seu crédito, que é um resultado de uma boa saúde financeira.

Mas mais importante do que ter um crédito bom é ter uma mentalidade financeira saudável.

Por mais sensacional que o seu crédito seja, ele não te ajudará na hora de comprar um carro novo, ou melhor, na hora de tomar uma decisão (racional) de comprar um carro novo.

A pergunta que se deve fazer aqui é muito simples: Eu realmente preciso de um carro novo?

Bom, se você se familiarizou com a história do Sr. Clodomiro, é bem provável que a resposta seja "SIM". 😆

Piadinhas a parte, decidir entre comprar um carro ou guardar dinheiro para outras coisas (como investimentos, por exemplo) é uma tarefa difícil e extremamente subjetiva.

Pense com carinho e analise suas finanças. Se realmente fizer sentido para você ter um carro novo, vá em frente. Se não, porque não esperar mais um pouco? 😉

E lembre-se, por mais importante que um carro seja, ele ainda é considerado um passivo (uma despesa no orçamento), logo, pagar à vista é sempre uma boa ideia.

Mas se você decidir comprar um carro financiado, faça uma análise financeira completa do que você está pagando pelo que está recebendo!

Há muitas financeiras competentes no mercado, e é tarefa de quem almeja ter um carro novo pesquisar sobre a que mais lhe sirva.

Ok. Decidi qual será meu carro - um Porsche 911 😉 - e vou pagar ele à vista!

Qual é o próximo passo?

O seguro do carro - Um detalhe importante que quase ninguém observa!

É hora de falar do tão temido seguro de carro.

Se você se sentiu intimidado, mantenha a calma!

Pegue uma caneca de chá e acomode-se em uma posição confortável, pois somos experts no assunto e vamos te explicar como tudo funciona agora.

Seguro de carro não é um "bicho de sete cabeças".

Na verdade, o objetivo do seguro é bem simples: Te trazer para a posição (de saúde ou econômica) na qual você se encontrava caso ocorra um acidente.

O assunto é extenso e demanda um texto só para ele.

Que será escrito por nós em um futuro próximo.

Ficou curioso?

Inscreva-se em nosso email list para saber esta e muitas outras novidades que estão por vir.

Vai lá! É grátis, você se mantém informado e suas informações estão seguras conosco! 🙂

É muito importante ressaltar, na hora de comprar um carro são as coberturas do seguro, a credibilidade e idoneidade da seguradora e o preço que se paga por ele.

Mas em suma, nenhum preço baixo te mantém a salvo de um seguro que "não funciona".

Vamos ao exemplo?

Se o Sr, Clodomiro tem um seguro com cobertura de $20,000 por acidente e ele bate no meu Porsche 911, quem você acha que vai pagar o conserto do meu carro - que por sinal ficará muito maior do que o valor de seguro dele?

Agora vejamos o exemplo contrário. Eu bato no carro do Sr. Clodomiro e não tenho cobertura suficiente para pagar as contas médicas do hospital.

Quem é que vai pagar essa conta?

Percebem como o assunto "seguro de carros" é muito mais complexo do que só ser "mais barato" ou "mais caro"?

No final das contas, escolher um seguro apenas por preço soa um pouco... Irresponsável. :'(

Conclusão: Não compensa pagar "barato" por um seguro que não te cobrirá pelo que você merece/deveria estar coberto.

Além disso, temos um outro fator importante.

Existem alguns estados americanos nos quais o seguro do carro é facultativo, mas na maioria dos casos (incluindo Massachusetts) o seguro é obrigatório para o registro do carro.

Inclusive, esse tema merece um tópico somente para ele.

Tudo Certo - Hora de fazer o registro do meu carro novo

Se você chegou até aqui é porque está realmente engajado em comprar um carro novo, ou quem sabe já té o comprou!

Agora temos a parte mais burocrática do processo: Registrar o carro.

Para explicar como isso funciona, vamos nos referir à sigla DMV várias vezes no texto.

DMV significa Department of Motor Vehicles, que nada mais é do que o "Detran do Tio Sam"!

É lá que você irá enfrentar algumas boas horinhas de fila para sair com suas placas novas.

Então vamos por partes.

Quem pode registrar um carro na DMV?

As regras de registro da DMV mudam a todo momento, é importante estar antenado sobre eventuais mudanças na documentação e é sempre bom dar uma ligadinha para eles antes de ir até lá para ter certeza de que está dentro das regras.

Até a data de hoje (dia 06 de novembro de 2019) os seguintes perfis estão aptos para registrar um carro na DMV:

Requerimentos para registro de carros em massachusetts
Requerimentos para registro de carros em massachusetts

Muito se fala em mudanças em tais diretrizes, mas este é um assunto muito delicado.

O importante é que a DMV sempre aceitou registros que obedeçam os moldes apresentados anteriormente, logo, se você se encaixa em algum deles, está apto a registrar um carro em seu nome.

Fizemos um vídeo para exemplificar melhor as regras para registro com carteiras internacionais e de outros estados. Veja só:

E lembre-se: os requisitos para registrar uma carro em seu nome são bem diferentes dos que provam que você está apto a dirigir!

Ter um carro em seu nome significa apenas que aquele bem pertence a você e que os devidos impostos foram pagos para tal.

Quais documentos eu preciso levar para registrar um carro na DMV?

Além dos documentos citados acima, também é essencial ter consigo um RMV1 válida e o documento de compra e venda (Title) preenchido corretamente.

O RMV1 é uma formulário padrão que informa a intenção do registro de um carro.

Nela estão contidos dados do veículo, do comprador, do vendedor e o carimbo válido da seguradora assinado por um agente de seguros licenciado.

Parece complicado e burocrático, não é? E é mesmo!

Por isso é muito importante que o RMV1 seja preenchido pela concessionária que te vendeu o carro e assinada pelo agente de seguros licenciado, que irá atestar a validade do seguro.

Somente esses dois passos tornam o formulário válido para ser utilizado no registro.

Quanto ao documento de compra e venda, o buraco é bem mais embaixo.

Isso porque a DMV só aceitará o documento como válido se ele estiver preenchido a caneta e não houver rasuras, Ou seja... NÃO. PODE. ERRAR.

Em caso de "erro leve", uma carta de correção assinada por um notário público pode resolver o problema.

Mas se o erro for grave, apenas uma segunda via do documento servirá no ato do registro.

Ficou receoso de preencher o próprio title e fazer algo errado? No worries, we got you!

Dê uma olhada nesse post sobre como preencher um title corretamente.

Se mesmo assim você ficar em dúvida, não deixe de pedir auxílio a sua concessionária ou ao agente de seguros.

É melhor ter certeza do que está fazendo e não correr riscos para não ter mais "dores de cabeça".

Ah, lembrando que o novo title chegará em seu endereço via correio em um prazo de 40 a 60 dias após o registro.

Somente com ele você poderá vender o carro para outra pessoa, então assim que ele chegar, guarde-o em um lugar bem seguro!

Mesmo se eu fizer tudo certo, ainda há chances do meu registro dar errado?

Acontece!

As vezes o funcionário está de mau-humor, outras vezes você fica horas na fila e nunca é atendido.

Afinal de contas estamos falando de uma repartição pública...

Tá vendo? Não é só o Brasil que tem problemas. 😆

Mas se você quiser evitar o desgaste de ter que fazer esse trâmite burocrático, você pode sempre contratar um despachante para fazer o serviço para você.

Aliás, essa é uma prática bem comum das agências de seguros (pelo menos nas que são boas).

Eles oferecem o serviço de despachante e emplacamento junto com o seguro e você só precisa pagar pelo imposto e a taxa de despachante.

Ah, isso me lembra de uma coisa...

Quanto eu vou pagar para registrar o meu carro?

Antes de mais nada, bem vindo a Massachusetts!

Um dos estados mais cruéis quando se trata de impostos e taxas. 😳

Com isso dito, vamos ao cálculo da "facada".

Além dos gastos iniciais com o seguro, você ainda pagará 6.25% do valor de compra do carro em imposto. Logo, se seu carro custou $100,000.00 como a minha Porsche 911, você ainda pagará $6,250 ao estado como imposto deste carro.

Mas espere, ainda não acabou! o_O

Além do imposto, você ainda paga uma taxa de $135 pelas placas do carro, o novo title que será emitido e o documento de registro em seu nome.

Ou seja, não é só o valor MESMO!

E depois do registro, tenho que fazer mais alguma coisa?

Sim. Além de colocar as placas no carro, você terá 7 dias para fazer a inspeção mecânica do veículo para conseguir uma certificação para, aí sim poder rodar tranquilamente com seu carro novo.

Essa inspeção é feita anualmente, e deverá ser seguida a risca.

Do contrário, multas desagradáveis serão aplicadas em seu carro.

Caso o veículo não passe na inspeção, uma permissão temporária será emitida e você terá mais um período de 60 dias para poder usar o carro, desde que prove que está tentando resolver os problemas mecânicos alí existentes.

Considerações finais

Ufa... É bastante coisa para saber, não é?

Mas você conseguiu e agora sabe tudo que é necessário para compra um carro nos Estados Unidos.

Além disso, por ter chegado até aqui, vamos te dar de "brinde" algumas dicas para cuidar do seu novo patrimônio e se adequar às regras de trânsito dos Estados Unidos. Olha só:

  1. Cuide bem de seu carro: Reparos mecânicos e "martelinho de ouro" aqui nos Estados Unidos são bem caros. Não se esqueça de cuidar de seu carro para evitar maiores problemas e despesas desnecessárias. Lembre-se de que o seguro funciona diferentemente daquele brasileiro, ou seja, não existe seguro para defeitos no carro, apenas em caso de acidente ou roubo.
  2. Pague seu seguro sempre em dia: Caso seu seguro atrase, a seguradora poderá informar a DMV que seu carro não está assegurado e sua placa pode ser revogada sem ao menos você saber que isso aconteceu. Isso significa mais despesas em multas e você corre o risco ter o seu carro guinchado.
  3. Lembre-se dos cuidados durante o inverno: Pneus para neve, manutenção do sistema de ar-condicionado e o uso de um bom óleo para seu motor são boas dicas para manter seu "possante" ativo mesmo em tempos de inverno rigoroso.
  4. Obedeça, criteriosamente, às leis de trânsito: Excesso de velocidade, desobediência de placas "STOP" e multas de estacionamento são campeãs entre os brasileiros nos Estados Unidos. Tenha sempre atenção a essas, na verdade, à TODAS a leis de trânsito local. Isso evita que você gaste com multas inesperadas e ainda faz com que o seu seguro de carro fique mais barato! 😎
  5. Seja membro do AAA: triple A funciona como um mini seguro de seu carro. Por uma pequena taxa anual você terá acesso a assistência total para defeitos ou mesmo infortúnios como um pneu furado ou uma bateria arriada. E mesmo se eles não conseguirem resolver o problema, um caminhão guincho levará o seu carro até o mecânico de sua preferência. A "grande sacada" é que o triple A é muito mais barato do que o guincho do seguro e o serviço é bem mais eficiente. Vale muito a pena assinar.

Ficamos por aqui com essa postagem, mas ainda tem muitas outras coisas legais para ler em nosso blog.

Fique a vontade para assinar nossa lista de emails e receber ainda mais conteúdos relevantes em seu email.

E não se esqueça: a BRZ se importa com você! 🙂

Posted in , , ,

Role para cima