Conheça nosso seguro de Casa

Seguro de Casa

x

LATINX POWER: os latinos e o mercado imobiliário nos EUA

Depois de apresentarmos a comunidade LatinX em números no artigo do começo da semana, estamos de volta com números mais específicos. 

Como o objetivo do Hispanic Wealth Project, é o desenvolvimento da comunidade via habitação, desenvolvimento de pequenas empresas e construção de riqueza, parte da pesquisa é voltada para o mercado de Real Estate nos EUA. 

CONDUTORES DE RIQUEZA

Wealth, ou em português, riqueza, prosperidade, é o acúmulo de dinheiro, propriedade ou bens valiosos que uma pessoa, país, ou comunidade possui. E são os dados desse tipo de acúmulo que estamos analisando aqui. 

Considerando que os latinos desempenharam importante papel no crescimento da população e da força de trabalho, além de terem contribuído muito para o desenvolvimento de novas empresas, compreender os caminhos da criação de riqueza desse grupo, oferece um espelho para a futura paisagem econômica americana.

E no meio disso é importante citar que a renda familiar média dos latinos nos EUA aumentou 63,6% entre 2016 e 2019, o maior aumento de todos os grupos demográficos.

O crescimento da riqueza das famílias diminuiu a diferença de riqueza entre não latinos e latinos. No entanto, os latinos não diversificam seus ativos, um fator que contribuiu para que os latinos perdessem dois terços de sua riqueza familiar após a Grande Recessão. 

Ganhos de riqueza impulsionados por imóveis: 

Os valores das casas representam mais da metade (52%) dos ativos latinos, contando tanto a residência principal quanto as propriedades com objetivo de investimento. Em 2019, os latinos tinham uma média de $95.000 em home equity. Home equity é um capital residencial, ou seja, a sua casa quitada pode servir de garantia para que você obtenha crédito. 

Entre 2016 e 2019, havia 818.000 novas famílias de latinos proprietárias de imóveis, o maior aumento em três anos para latinos desde antes da Grande Recessão.

Jovens têm menos riqueza: 

Como já dissemos, a idade média do latino nos EUA é de 29,8 anos, o que significa que uma boa parte da comunidade ainda não atingiu a idade de acumulação de riqueza, muito menos de comprar casa própria. 

Em todos os grupos demográficos, a riqueza tende a ser menor para pessoas com menos de 35 anos. Em 2019, a pesquisa mostrou que a diferença de renda familiar entre latinos e brancos não latinos, abaixo dos 35 anos era menor que a média. 

Taxas mais baixas de dívidas estudantis e diplomas universitários: 

O latinos são os menos propensos a ter dívidas de empréstimos estudantis, com uma taxa de apenas 14,3% enquanto a população branca não latina tem uma taxa de 36,9%.

No entanto, os latinos também têm menos probabilidade de ter educação universitária, somente 17,6% dos latinos com 25 anos ou mais têm diploma de bacharel, em comparação com 36,9% dos brancos não latinos e 22,5% da população negra.

HOMEOWNERSHIP: o sonho da casa própria

Ser dono da própria casa, além de ser a realização de um sonho, cria um tipo de estabilidade e tranquilidade que muda toda a relação da família com o dinheiro e por isso é tão importante na pesquisa e no projeto. 

Com uma taxa de casa própria acima de 48%, os latinos estão a caminho de atingir uma taxa de 50% nos próximos 5 anos. E isso pode ser considerado uma grande virada na relação desta população com a economia do país. 

Os proprietários de casas têm 28 vezes mais dinheiro do que quem aluga: 

Os latinos que são donos da própria casa têm um patrimônio líquido de $171.900, 28x mais que dos locatários latinos que é de $6.210

A propriedade de imóveis é tão relevante que ao analisar a riqueza de famílias latinas proprietárias de casa em comparação com os proprietários de famílias brancas, a diferença diminui consideravelmente. 

A proporção da diferença de $1 para cada $5 cai para pouco menos de $1 para cada $2 considerando esse cenário. 

Compra de propriedades para investimento: 

Entre 2016 e 2019, os latinos aumentaram o número de propriedades para investimento em 33,1%, o maior aumento de qualquer grupo demográfico

Ao mesmo tempo, os brancos não-latinos, os negros não-latinos e a população em geral diminuíram a taxa de propriedades para investimento durante o mesmo período.

Taxas que ameaçam a o sonho da casa própria: 

Em março de 2021, 8,4% dos tomadores de empréstimos imobiliários latinos estavam reduzindo seus pagamentos e 0,7% estavam com, pelo menos, 60 dias de inadimplência. O que significa que as probabilidades de um latino não conseguir pagar suas parcelas, estava entre 1,5 a 2,3 vezes maior que a do resto da população.

Porém, essa tendência apareceu após o impacto da pandemia nas comunidades mais pobres. Ou seja, não é necessariamente um número a se apegar. 

A entrada (down payment) é o considerado o maior obstáculo para quem quer comprar uma casa. Mais de um em cada três locatários latinos pesquisados ​​pelo HWP (36%) relataram não ter economizado o suficiente para uma entrada como o principal motivo para não comprar uma casa.

Uma pesquisa recente conduzida pela U.S. Mortgage Insurers (USMI) descobriu que 30% dos latinos acreditava que 20% do pagamento inicial era necessário para obter uma hipoteca, e apenas 7% dos latinos relataram com precisão que menos de 5% era o pagamento mínimo exigido para comprar uma casa.

A casa própria como ferramenta para construir riqueza geracional: 

Menos da metade (44%) dos entrevistados latinos na Pesquisa HWP de 2021 relataram ter crescido em uma casa de propriedade de sua família, em comparação com 57% dos entrevistados brancos não latinos. De acordo com o Urban Institute, os jovens adultos que crescem em uma casa dos pais têm de 7 a 8 pontos percentuais mais probabilidade de se tornarem proprietários da própria casa.

Porém, 53% dos locatários latinos relataram planos de comprar uma casa e mais de um terço (36%) planejam comprar uma casa para investimento nos próximos 5 anos. A proporção de latinos que procuram comprar uma propriedade para investimento neste ano foi quase 3x maior que a de compradores brancos não latinos.

COMPRA DE CASA HOJE

A boa notícia para quem quer investir no desenvolvimento financeiro da comunidade LatinX é que os latinos estão chegando na idade de se preocupar com a compra da casa. Como já dissemos, a média de idade é de 29,8 anos, mas quase um em cada três latinos está atualmente em seus melhores anos de compra de casa, de 25 a 44 anos.

O que significa que muitos estão comprando uma casa pela primeira vez nesse momento. De acordo com a Pesquisa 2021 HWP, quase três quartos dos proprietários latinos (72,6%) possuem suas casas há 15 anos ou menos,  e um em cada três (30%) possuem suas casas há menos de 5 anos. 

Em comparação, temos metade (46%) dos entrevistados brancos não latinos, proprietários de casa há 15 anos ou mais.

Casa para investimento

O mesmo fenômeno se observa nos investimentos imobiliários. Um em cada três (34%) investidores latinos comprou sua primeira propriedade de investimento há menos de 5 anos, e 83,5 % são proprietários há 15 anos ou menos.

COMPRAS DE CASA NO FUTURO

Moradia

Entre 2010 e 2019, os latinos foram responsáveis ​​por mais da metade do crescimento geral da casa própria nos EUA e mais de 40% do crescimento da formação de famílias. Considerando que estão chegando na idade de comprar casa, os latinos, serão fundamentais para o crescimento do mercado imobiliário nas próximas décadas.

Cerca de 53% dos locatários latinos planejam sair do aluguel nos próximos 5 anos. Essa tendência é ainda mais pronunciada entre os latinos proprietários de empresas (67%) e latinos que atualmente vivem em famílias multigeracionais (52%).

E indo mais longe a contribuição só cresce, a pesquisa projeta que nos próximos 20 anos, 70% do crescimento da casa própria virá da comunidade LatinX e todo o crescimento da casa própria virá de famílias não brancas. 

Investimento

Mais de um terço (36%) dos latinos planeja comprar uma propriedade de investimento nos próximos 5 anos, com um em cada cinco procurando ativamente comprar nos próximos 12 meses. 

A proporção de latinos que desejam comprar este ano é mais do que o dobro da população em geral e quase o triplo de compradores brancos não latinos. O que contribui com outro resultado apontado na pesquisa que diz que os latinos foram os mais propensos a dizer que investiram dinheiro extra em imóveis. Os latinos têm duas vezes mais probabilidade de selecionar os investimentos imobiliários como seu principal investimento de escolha do que os investidores brancos não latinos. 

CORRETOR, É HORA DE INVESTIR NA COMUNIDADE LATINX!

O que podemos extrair dessa fatia do estudo é: os latinos nos EUA estão em constante crescimento, desenvolvimento e enriquecimento. A cada ano, a cada período acompanhado pela pesquisa, o sonho americano vai se apresentando a essa população que se agarra a ele com unhas e dentes. 

Os latinos estão aqui para ficar e se multiplicar, e o nosso melhor conselho é que o mercado imobiliário vire seus olhos pro lado de cá. Gostamos de estabilidade e estamos sempre em busca de um lugar para fincar raízes. 

A BRZ é um grande exemplo de latinos com raízes profundas no mercado dos EUA e estamos sempre aqui para um bate papo, uma troca de ideias e um cafézinho. Precisando de orientação para se jogar no mercado LatinX, é só dar um alô!

Conheça nosso seguro de Casa

Seguro de Casa

Posts relacionados

>Quais seguros um removedor de neve deve ter?
Quais seguros um removedor de neve deve ter?

Se você é removedor de neve, você conhece muito bem os riscos que corre no dia a dia. Conheça os seguros que protegem o seu negócio.

>Como Montar um Kit de Emergência de Inverno para o seu Carro?
Como Montar um Kit de Emergência de Inverno para o seu Carro?

Emergências podem acontecer com qualquer pessoa. Prepare-se para o pior cenário (especialmente no inverno), mantendo os seguintes suprimentos em seu carro!

>O que é World AIDS Day?
O que é World AIDS Day?

Você sabe o que é o World AIDS Day? Te explicamos como a data surgiu e como já afetou o conhecimento e a forma do mundo lidar com o vírus.

\

Vem pra nossa comunidade

Somos uma seguradora feita de pessoas para pessoas. Uma comunidade que fala a mesma língua, de gente de olho no futuro. Um lugar feito pra você se sentir em casa, com toda a proteção e cuidado que um lar oferece. Pode chegar.

Simulação Rápida