Conheça nosso seguro auto!

Faça uma simulação

x

Acidentes com animais: o seu seguro auto protege o seu carro?

Animais são criaturas maravilhosas que a gente ama, né? Porém, infelizmente, nem toda interação humano-animal é prazerosa e segura para os dois. Muitas estradas atravessam florestas, desertos e outros habitats de animais selvagens, o que significa que vez ou outra, nos encontramos com eles em situações adversas. 

Muitos acidentes de carro são causados por animais todos os anos. Isso normalmente acontece quando os animais entram na estrada de repente, sem muita chance do motorista desviar a tempo. Se você atropela um animal numa estrada, as preocupações são muitas: todos no carro estão bem? O animal está bem? Estamos seguros? Depois de checar esses pontos, vem a dúvida: e o carro? Quem paga por ele? 

Na maioria dos casos, você só precisa se preocupar com o carro e os danos nele, se o animal for realmente grande, como um cervo, um coiote, até mesmo um urso ou um alce. Estes animais podem causar grandes estragos e até algum tipo de ferimento a você ou outro passageiro. 

O seu seguro auto cobre os custos dos danos após bater num animal?

Isso vai depender das coberturas escolhidas quando você contratou o seu seguro. A maioria das apólices padrão não cobre um acidente com animais e você terá que arcar com os prejuízos no seu veículo, além do trauma de acertar um animalzinho indefeso. Entretanto, se você tiver escolhido a cobertura abrangente, aka comprehensive, você está coberto e só terá que lidar com o trauma mesmo. 

A cobertura abrangente pode salvar o seu bolso se: 

  • Você se depara com um cervo ou outro animal na estrada.
  • Um animal atinge o seu carro, mesmo parado.
  • Um animal se entoca no seu carro (parece loucura, mas os guaxinins podem rasgar as almofadas dos assentos e os roedores podem roer fios sob o capô). 

Isso, claro, dependendo das circunstâncias. A cobertura abrangente (comprehensive) pode cobrir danos ao seu carro causados por eventos que estão fora de seu controle

IMPORTANTE: Se você conseguir desviar do animal (ufa!), mas por causa disso, bater em outro carro ou outro objeto qualquer, como uma placa, uma árvore, ou cerca, aí o custo dos danos muda de cobertura. Nesse caso, você vai precisar da cobertura de colisão (collision), mas não se preocupe, se você tem comprehensive, provavelmente, tem collision também. Mas claro, não esqueça de confirmar isso com a sua operadora de seguros.

Qual animal está envolvido no acidente? 

Lidar com diferentes tipos de danos aos animais varia, principalmente, pelo fato do animal ter ou não ter um dono/tutor. Essa é uma informação que pode fazer diferença na hora de acionar o seguro e na hora de lidar com o próprio animal. 

Os donos de animais de estimação costumam ser responsabilizados em situações como essa. Animais selvagens como veados não têm donos, mas você pode ser questionado sobre isso ao fazer uma reclamação (claim). 

Cervo

Os cervos são os animais mais atingidos nas estradas dos Estados Unidos. Eles são grandes o suficiente para causar sérios danos ao seu carro e às vezes podem causar ferimentos no motorista e nos passageiros. Tudo depende da velocidade que você está e do tipo do veículo.

Como os cervos são tão comuns, é muito importante fazer um relatório policial, o nosso B.O. (boletim de ocorrência). Esse relatório é muito importante para registrar e comprovar o acidente, principalmente se você acabou de contratar o seguro ou se já o acionou pelo mesmo motivo recentemente. Em algumas seguradoras a apresentação desse documento é exigida para que autorizem os reparos. 

Cachorro

Ninguém quer acertar animal nenhum, mas acima de tudo, ninguém quer bater num animal doméstico, até porque, eles tem dono e é uma dor a mais para lidar. Mas animais com donos mudam a dinâmica do seguro, porque os donos são responsáveis ​​por danos causados ​​por seus cães quando este não foi devidamente contido.  

O procedimento padrão é que a apólice do proprietário do cão cubra os danos. No entanto, se não houver esse seguro, o dono do cão será o responsável. Se você não conseguir localizar o dono do cão, a cobertura abrangente de sua apólice de seguro automóvel cobrirá os danos.

Pássaro

Frequentemente, o único dano que os pássaros causam é no pára-brisa. A cobertura do pára-brisa também é fornecida em uma cobertura abrangente.

Guaxinim

Um guaxinim pode parecer pequeno e inofensivo se pensarmos em estragos que ele pode fazer na lataria em caso de acidente, mas existem outros danos que ele pode causar, dependendo do tipo de carro que você dirige. 

Se você atropelar um guaxinim com um carro compacto, verifique-o imediatamente. É provável que o animal tenha danificado o chassi, o que pode afetar gravemente o veículo se não for reparado.

Vaca

Ao contrário do guaxinim, só podemos imaginar estragos muito consideráveis ao atingir um animal tão grande. Semelhante a bater em um cachorro, o dono da vaca seria responsável por qualquer dano, porque a vaca não deveria estar na estrada. 

O que fazer se eu atropelar um animal? 

É muito importante entender qual seguro e cobertura podem proteger o meu carro e quem seria a responsabilidade pelos danos. Porém, antes mesmo, é fundamental saber o que fazer caso você se envolva em um acidente dessa natureza. 

  1. Mova seu veículo para o lado da estrada, longe do animal: ligue as luzes de emergência do seu carro e permaneça no veículo até que seja seguro sair.

  1. Chame a polícia: informe se o animal está bloqueando a estrada, pois pode representar um perigo para os motoristas que se aproximam.

  1. Fique longe do animal: quando um animal é atropelado por um carro, ele pode ficar assustado e agressivo. A polícia cuidará da situação assim que chegar.

  1. Quando e se for seguro, documente o acidente: tire fotos da estrada, dos arredores, dos danos e de quaisquer ferimentos em você ou nos seus passageiros. Se outro motorista parar para ajudar, documente o relato do incidente e peça suas informações de contato.

  1. Entre em contato com sua seguradora para registrar uma reclamação (claim)

  1. Certifique-se de que seu carro é seguro para dirigir:  procure por vazamentos de fluidos, luzes quebradas e fechamento de portas e porta-malas. Avalie a necessidade de ajuda para transportar o carro. 

Eu preciso acionar o seguro todas as vezes?

Se mesmo tendo a cobertura certa, você perceber que os danos não foram tão grandes e que o valor dos prejuízos não ultrapassará o pagamento de sua franquia. Cabe a você avaliar a necessidade. 

Se a preocupação for aumentar as taxas do seguro por fazer uma reclamação (claim), pode respirar tranquilo e ligar para a sua seguradora. Acionar a sua cobertura abrangente provavelmente não aumentará suas taxas. No entanto, se você ativar sua cobertura de colisão porque, digamos, saiu da pista e bateu em um carro que se aproximava, suas taxas podem subir.

Soul BRZ, e você?

Na dúvida, você pode sempre buscar o seu agente BRZ para se orientar da melhor forma possível. Estamos aqui à sua disposição para esclarecer todos os seus questionamentos. 

Se você ainda não tem coberturas extras no seu seguro auto, faça agora uma revisão na sua apólice ou simule seu seguro auto e descubra como é acessível ficar seguro!


Conheça nosso seguro auto!

Faça uma simulação

Posts relacionados

>O que é World AIDS Day?
O que é World AIDS Day?

Você sabe o que é o World AIDS Day? Te explicamos como a data surgiu e como já afetou o conhecimento e a forma do mundo lidar com o vírus.

>Por que operações digitais podem afetar a sua apólice de D&O?
Por que operações digitais podem afetar a sua apólice de D&O?

Como a falta de cyber security pode afetar a diretoria da sua empresa e sua apólice de D&O? Como evitar prejuízos permanentes? Saiba mais.

>Qual a história por trás do feriado de Thanksgiving?
Qual a história por trás do feriado de Thanksgiving?

Pra quem só conhece o Thanksgiving pela TV e quer saber mais sobre a origem do tradicional feriado nos EUA, trazemos um pouco de história e falamos sobre o que poderia fazer parte daquela primeira refeição compartilhada.

\

Vem pra nossa comunidade

Somos uma seguradora feita de pessoas para pessoas. Uma comunidade que fala a mesma língua, de gente de olho no futuro. Um lugar feito pra você se sentir em casa, com toda a proteção e cuidado que um lar oferece. Pode chegar.

Simulação Rápida