Conheça nosso seguro de Casa

Seguro de Casa

x

Os 4 métodos que transformarão sua forma de fazer café em casa

Caféééé

“Café: a bebida favorita do mundo civilizado” Thomas Jefferson 

Acredito que ao clicar nesse post, você já é um entusiasta do bom e eterno café e, provavelmente, concorda plenamente com o 3º presidente do Estados Unidos. 

Vinho, whisky, cerveja, suco de laranja, água, costumam figurar nos rankings de bebidas favoritas das pessoas, mas é o café, ah o café, a bebida que acompanha, motiva e abraça os estômagos diariamente pelo mundo. 

Se há alguns anos alguém te perguntasse como você faz o seu café, provavelmente, depois de estranhar a pergunta, a sua resposta seria “normal, faço coado ou na máquina de espresso”, certo? 

Hoje, ainda bem, temos diversos métodos no mercado. Cada um com sua particularidade e com resultados tão diferentes um do outro, que às vezes, nem parece que é a mesma matéria prima. 

Mas se você ainda não se inteirou desses métodos, nem se atualizou no vocabulário, a escolha da melhor forma de fazer café pode ser um desafio. Gotejamento, filtragem, infusão, pressão, infusão a frio, moagem, granulometria, são palavras que surgem por aí e, às vezes, assustam. Por isso, muita gente aceita o básico e perde as maravilhosas oportunidades de ter um café realmente bem feito.

Para ampliar seus horizontes e te ajudar a encontrar a xícara de café perfeita no conforto de sua casa, preparamos esse guia com os 4 métodos mais populares de extração para tirar do seu café o que ele tem de melhor. 

É provável que você já saiba disso, mas não há método que vá garantir uma boa bebida se o café não for de qualidade. Já sugerimos uma lista de cafés excelentes nos EUA que vendem online e entregam na porta da sua casa. 

Então, arregace as mangas, escolha seu grão e mãos à obra:

1. Coados

Coar é uma das formas mais tradicionais de fazer café que temos nas nossas memórias afetivas. Mas ele também tem seus truques e equipamentos que melhoram muito a experiência.  A filtragem garante uma bebida limpa e cristalina, além de apresentar com mais clareza toda a complexidade dos grãos.  

COMO FUNCIONA

Um filtro de papel que se encaixa no coador é tudo o que você precisa. O filtro de papel resulta em uma sensação na boca clarificada, pois retém óleos e partículas de café não dissolvidas da xícara final.

Embora existam incontáveis coadores no mercado, o mais difundido entre os coffeelovers é o Hario V60, nome dado por causa do cone em 60º. Ele tem uma abertura no fundo maior que os demais coadores e ranhuras em espiral que facilitam a passagem da água de forma homogênea, resultando em um café equilibrado e cheio de sabor. 

Nessa categoria, temos também a Chemex, que é um pouco mais cara, mas te proporciona um café igualmente delicioso e ainda ajuda a decorar a casa, porque é uma bela garrafa. 

DICA DE MOAGEM

Para coadores em geral, a moagem média com a grossura do sal marinho é o ideal. O tempo de extração – o intervalo de tempo do primeiro ao último derramamento – deve levar menos de 3 minutos para atingir os sabores mais equilibrados. Para Chemex, o tamanho da moagem dependerá da quantidade de café, se for fazer mais do que algumas porções, é melhor que o tamanho da moagem seja ligeiramente mais grosso do que os outros coadores, caso contrário, ele levará muito tempo na extração, o que pode trazer um sabor amargo indesejável.

2. Prensa Francesa 

A prensa francesa é um método bem popular pelo mundo e você tem milhares de opções para escolher o seu modelo favorito em uma loja de utilidades (ou online!) perto de você! 

A prensa faz uma bebida encorpada e turva devido a imersão do café por alguns minutos. A graça é que ela é pra qualquer pessoa, não tem como errar na extração, apenas fique atento na moagem e no tempo.

Por sua textura mais pesada e densa, esse tipo de café fica perfeito com leite ou creme. 

COMO FUNCIONA

A prensa francesa é um método de extração por imersão, o que significa que os grãos de café são totalmente imersos em água e, em seguida, coados por um filtro de metal. 

Filtros de metal permitem que óleos e partículas de café não dissolvidas passem

para o copo.

DICA DE MOAGEM

Moagem média para grossa, como trigo para quibe. O filtro da prensa é bem aberto e fatalmente terá um corpo de fundo nessa xícara. Quanto mais fina a moagem, mais corpo de fundo e um café, provavelmente amargo e super extraído. 

3. AeroPress

AeroPress é, talvez, o método mais inusitado dessa lista. O dispositivo de plástico foi inventado EM 2005, pelo engenheiro e físico Alan Adler, que queria um método de preparação mais rápido do que o típico café filtrado. 

O método conquistou os baristas e apreciadores de café pela sua versatilidade e facilidade de levar para onde você quiser. 

COMO FUNCIONA

O AeroPress combina imersão (como a prensa francesa) e filtragem. 

Para fazer, você escalda um filtro de papel, coloca no aparelho, monta os dois componentes plásticos, adiciona café e água e depois de alguns minutos (depende da sua receita), aperta o êmbolo.  

O café pode ser concentrado como um espresso, mas pode ser diluído, posteriormente, com água quente, sem prejuízo pro sabor e qualidade. 

DICA DE MOAGEM 

O tamanho da moagem deve ser fino, entre a finura dos coados e a do espresso. Mas esse método é versátil, como já dissemos, então faça testes e descubra a moagem ideal para a sua receita ideal.

4. Moka ou cafeteira italiana

O nome varia, mas a cafeteira italiana é certeza de café gostoso e fácil de preparar. 

Resultando numa bebida forte, intensa e encorpada, aproximada do espresso, a Moka não precisa de muito esforço nem treino. É só adicionar café e água, colocar na chama do fogão e esperar o café surgir naquele “vulcãozinho” maravilhoso que a cafeteira proporciona. 

COMO FUNCIONA

A cafeteira é composta por três partes: a parte de baixo é para a água, uma cestinha no meio, que é onde fica o café e a parte de cima que é onde o café surge magnificamente. 

O café passa por eles devido à pressão que a água exerce quando aquecida. O nicho de cima também tem uma placa de metal com furinhos para que o pó de café não suba com a água em direção à superfície. 

DICA DE MOAGEM 

Moagem de média para fina, como areia.

O que mais eu posso fazer pro meu café ficar melhor?

Bom, se você chegou até aqui, você está empenhado em fazer o melhor café da sua vida. Então, completamos esse post com mais algumas dicas imprescindíveis: 

  1. Escalde o sistema: independente do seu métodos de escolha, sempre comece o processo jogando água quente em tudo, filtros, coadores, jarras. Assim, você garante tudo esterilizado e um ambiente quentinho pro seu café chegar, sem choque térmico. No caso dos filtros de papel, você ainda se livra de um possível gostinho de papel na sua bebida.  
  2. Moa seu café na hora: o café vai perdendo sabor e propriedades depois de moído, portanto, compre o seu em grão. Existem diversos moedores no mercado, manuais e elétricos. Encontre um que se encaixe no seu bolso e se presenteie com o melhor café da sua vida. 
  3. Tenha uma receita: mesmo que você comece a experimentar e crie várias receitas, tenha um ponto de partida. Recomendamos começar numa proporção de 1:18, ou seja, pra cada grama de café, 18ml de água e vá ajustando ao seu paladar, ao método e ao café da vez.
  4. Cada café é um café: fique atento, as vezes um café se ajusta melhor num método que outro, outras vezes em proporções diferentes. Mantenha-se curioso e teste novas receitas sempre. 
  5. Compre uma chaleira elétrica: pode parecer bobagem, mas quanto mais experimentos você fizer, mais você vai querer agilidade na hora de ferver sua água. 

Esperamos que essas dicas te proporcionem cafés deliciosos. Depois contem pra gente qual método e qual café escolheram. Vocês podem nos dizer nas nossas redes sociais (Instagram e Facebook) ou até mesmo pelo nosso whatsapp, aproveitando para revisar a sua apólice de seguro! 😉

E se ainda assim te der preguiça, estamos sempre prontos para recebê-los com uma deliciosa xícara de café nas nossas lojas! Apareçam! Claro, com máscara e distanciamento…

Conheça nosso seguro de Casa

Seguro de Casa

Posts relacionados

>5 razões para nunca mentir para a sua seguradora
5 razões para nunca mentir para a sua seguradora

Listamos 5 razões para você nunca mentir para a sua seguradora, saiba quais são as consequências e como evitar problemas na hora de adquirir o seu seguro.

>Infestação de pragas: o seu seguro residencial cobre esse dano? 
Infestação de pragas: o seu seguro residencial cobre esse dano? 

Você sabe se o seu seguro residencial cobre infestação de pragas? Provavelmente não. Mas o que pode proteger a sua propriedade desse problema?

>O meu seguro residencial cobre mofo?
O meu seguro residencial cobre mofo?

A umidade traz o mofo e o mofo traz os problemas respiratórios. Você sabe como o seu seguro residencial te ajuda em caso de mofo?

\

Vem pra nossa comunidade

Somos uma seguradora feita de pessoas para pessoas. Uma comunidade que fala a mesma língua, de gente de olho no futuro. Um lugar feito pra você se sentir em casa, com toda a proteção e cuidado que um lar oferece. Pode chegar.

Simulação Rápida