Estaremos fechados no dia 27/05 em celebração ao Memorial Day.

Conheça nosso seguro auto

Faça uma simulação

x

Hit-and-run: o que fazer quando fogem do local do acidente?

Você já foi deixado na mão em um acidente porque o motorista culpado fugiu? Ou já encontrou o seu carro estacionado danificado sem saber quem foi o responsável? 

Poucas coisas são mais irritantes que um motorista bater no seu carro e fugir do local do acidente. Pior do que isso é quando além de danos ao veículo, o acidente envolve feridos ou mortos e o motorista culpado não presta o devido socorro. Bater e correr, ou hit-and-run aqui nos EUA e a maioria das leis dos estados considera uma contravenção ou crime.

Contravenção ou crime, o hit-and-run pode resultar em consequências sérias como acusações criminais, multas, sentenças de prisão, perda de emprego, etc. No entanto, ainda acontece mais vezes do que gostaríamos e é bom estar preparado.

Se isso acontecer com você e o outro motorista não puder ser identificado, você provavelmente terá que pagar pelas despesas resultantes do acidente. Se você tiver as coberturas certas de seguro auto, os danos a você e à sua propriedade podem ser cobertos pela sua apólice.

Alguns números sobre hit-and-run nos EUA

De acordo com o estudo nacional da AAA Foundation for Traffic Safety separamos dados importantes a considerar:

  • Hit-and-runs foram responsáveis por mais de 5% das fatalidades no trânsito.
  • Há um aumento médio de 7,2% desse tipo de acidente todos os anos.
  • Os motoristas fujões foram responsáveis por 20% das mortes de pedestres.
  • 68% das pessoas mortas devido a hit-and-runs eram pedestres e ciclistas.
  • Em 2015, ocorreram 737.100 acidentes hit-an-run.
  • 2.049 pessoas morreram em hit-and-runs em 2016 – um aumento de 60% desde 2009.

São quase seis mortes por dia e mais de um hit-and-run por minuto nas ruas dos Estados Unidos.

Ao se ver envolvido em um acidente desse tipo, surgem as perguntas: o que fazer numa situação dessas? Como podemos agir para proteger as pessoas envolvidas, o nosso patrimônio e o nosso bolso? 

O que fazer depois que um motorista bate e corre?

Apresentamos um passo a passo para não ficar perdido caso isso aconteça com você.

1- Ligue para o 911 

Nem todo hit-and-run é trágico e causa ferimentos (ainda bem!), mas se você e/ou seu passageiro sofreu algum ferimento, ligue imediatamente para a emergência (911). Se vocês não tiverem condições de fazer esta ligação, peçam para alguém que esteja passando na rua. 

Certifique-se de que todos estão bem e seguros e não saia do local do acidente antes da chegada da polícia. É importante fornecer o máximo de informação possível, como descrição do seu veículo, do local do acidente, dos riscos iminentes e o tipo de ferimento. A velocidade em chamar ajuda pode fazer toda a diferença. 

Mesmo que não haja feridos, é importante chamar a polícia e registrar a ocorrência. Depois que o policial registrar o acidente, peça uma cópia. Sua seguradora pode exigir um relatório policial antes de permitir que você abra qualquer sinistro.

2- Reúna e registre informações importantes

Algumas informações são ainda mais relevantes no caso de um acidente em que o culpado foge, portanto, reúna o máximo de dados que puder para incluir na denúncia para a polícia. 

É claro que nem sempre vamos conseguir ter todas essas informações, mas converse com testemunhas e tente reunir o máximo dessas informações possível:

  1. Número da placa do carro fujão
  2. A marca, modelo e cor do outro veículo
  3. Descrição do outro motorista
  4. Direção que o outro veículo estava seguindo
  5. Local, hora e causa do acidente
  6. Fotos dos danos ao seu veículo, especialmente se a pintura do outro carro estiver visível onde o impacto ocorreu
  7. Fotos da cena do acidente
  8. Descrição dos danos ao outro veículo

Estes detalhes ajudarão as autoridades a localizar o motorista que fugiu do local. Se o acidente aconteceu em um estacionamento, sem a sua presença, você pode buscar imagens do circuito de câmeras do local, seja público ou privado. Documente também os danos ao seu veículo, pois serão necessárias como provas durante a apresentação de relatórios.

3- Informe sua seguradora

Tão importante quanto acionar a polícia é avisar a sua seguradora do ocorrido. Você não é obrigado a fazer o registro imediatamente depois do acidente, mas aconselhamos fazer isso o quanto antes. Essa ação é de extrema importância, principalmente se você for abrir um processo de sinistro, além de garantir que sua memória está fresca e você poderá registrar com o máximo de detalhes. 

Entre em contato também com a sua corretora de seguros (como a BRZ) para obter mais detalhes sobre como proceder e entender se a sua cobertura vai ou não vai cobrir o incidente. 

Se você precisar de um reboque, este é um bom momento para entrar em contato com o seu provedor de assistência rodoviária, se tiver.

Bônus – NÃO inicie uma perseguição ao motorista fujão

Essa é uma ação que não vai te ajudar em nada! Além do risco de provocar um novo acidente, ou de ter que enfrentar um motorista violento, deixar o local do ocorrido é sempre má ideia. Você pode perder a chance de recolher depoimentos, de conversar com testemunhas e obter informações que você não vai conseguir correndo atrás de um carro pelas ruas da cidade. 

Quer saber o passo a passo de um claim de seguro auto? Leia nosso artigo no blog da BRZ.

Meu seguro cobre hit-and-run?

Se você estiver envolvido em um acidente com fuga, sua apólice de seguro auto pode cobrir algumas despesas, mas o que e como você será indenizado depende das suas coberturas. Veja quais podem te ajudar:

  • Collision: cobre danos ao seu próprio carro. Embora a culpa não seja sua, você ficará com o prejuízo do valor da franquia. No caso do motorista infrator ser encontrado, ele pode ser obrigado a pagar a franquia e você poderá pedir reembolso do que pagou. 
  • Uninsured Motorist: a cobertura para motoristas sem seguro ajuda a pagar despesas médicas, salários perdidos ou danos ao seu carro se o motorista culpado pelo acidente não tiver seguro ou se o motorista culpado pelo acidente for bem sucedido na fuga. A sua seguradora pode exigir prova de que o outro motorista não era segurado, o que pode ou não ser possível após a fuga.
  • Uninsured motorist property damage: novamente, este seguro pode ajudar com danos ao seu carro ou outra propriedade, mas pode haver restrições ao seu uso, dependendo da sua seguradora.
  • Personal injury protection (PIP): paga por pagamentos médicos, salários e mais, não importa de quem é a culpa no acidente (dependendo do seu estado).

Seu especialista em seguros da BRZ é o seu melhor recurso se você se encontrar nesta situação infeliz. Conte com a gente tanto para planejar suas coberturas e evitar dores de cabeça futuras, como para ajudar a encontrar os melhores meios de redução de danos quando o acidente já aconteceu. 

Luciana Sá

Conheça nosso seguro auto

Faça uma simulação

Posts relacionados

>Como manter um Histórico de Direção Limpo?
Como manter um Histórico de Direção Limpo?

Descubra como um histórico de direção limpo pode melhorar suas finanças e aprenda 5 dicas essenciais para mantê-lo impecável.

>O que fazer quando meu filho adolescente começar a dirigir?
O que fazer quando meu filho adolescente começar a dirigir?

Motoristas adolescentes precisam ser incluídos na sua apólice de seguro auto. Saiba como proceder e como evitar acidentes.

>Como solicitar seu histórico de direção no RMV de Massachusetts?
Como solicitar seu histórico de direção no RMV de Massachusetts?

Você sabe o que é um histórico de direção? Saiba como é usado e como você pode solicitar o seu no site do RMV de Massachusetts.

\

Vem pra nossa comunidade

Somos uma seguradora feita de pessoas para pessoas. Uma comunidade que fala a mesma língua, de gente de olho no futuro. Um lugar feito pra você se sentir em casa, com toda a proteção e cuidado que um lar oferece. Pode chegar.

Simulação Rápida

Precisa de ajuda? Chama a BRZ!

x