Conheça nosso seguro auto

Faça uma simulação

x

Hit-and-run: o que fazer quando fogem do local do acidente?

Poucas coisas são mais irritantes que um motorista bater no seu carro e fugir do local do acidente. Pior do que isso é quando além de danos ao veículo, o acidente envolve feridos ou mortos e o motorista culpado não presta o devido socorro. Isso é chamado de hit-and-run aqui nos EUA e a maioria das leis dos estados considera uma contravenção ou crime.

Contravenção ou crime, o hit-and-run pode resultar em acusações criminais, multas, sentenças de prisão, perda de emprego, etc.

Se o outro motorista não puder ser identificado, você provavelmente terá que pagar pelas despesas resultantes do acidente. Se você tiver cobertura total de seguro auto ou cobertura de Uninsured Motorist, os danos a você e sua propriedade podem ser cobertos por sua apólice.

Alguns números sobre hit-and-run nos EUA

De acordo com o estudo nacional da AAA Foundation for Traffic Safety separamos dados importantes a considerar:

  • Hit-and-runs foram responsáveis por mais de 5% das fatalidades no trânsito.
  • Há um aumento médio de 7,2% desse tipo de acidente todos os anos..
  • Os motoristas fujões foram responsáveis por 20% das mortes de pedestres.
  • 68% das pessoas mortas devido a hit-and-runs eram pedestres e ciclistas.
  • Em 2015, ocorreram 737.100 acidentes hit-an-run.
  • 2.049 pessoas morreram em hit-and-runs em 2016 – um aumento de 60% desde 2009.

São quase seis mortes por dia e mais de um hit-and-run por minuto nas ruas dos Estados Unidos.

Ao se ver envolvido em um acidente desse tipo, surgem as perguntas: o que fazer numa situação dessas? Como podemos agir para proteger as pessoas envolvidas, o nosso patrimônio e o nosso bolso? 

Apresentamos um passo a passo para não ficar perdido caso isso aconteça com você.

Ligue para o 911 

Nem todo hit-and-run é trágico e causa ferimentos (ainda bem!), mas se você e/ou seu passageiro sofreu algum ferimento, ligue imediatamente para a emergência (911). Se vocês não tiverem condições de fazer essa ligação, peçam para alguém que esteja passando na rua. 

Certifique-se de que todos estão bem e seguros e não saia do local do acidente antes da chegada da polícia. É importante fornecer o máximo de informação possível, como descrição do seu veículo e o tipo de ferimento. A velocidade em chamar ajuda pode fazer toda a diferença. 

Mesmo que não haja feridos, é importante chamar a polícia e registrar a ocorrência. Depois que o policial registrar o acidente, peça uma cópia. Sua seguradora pode exigir um relatório policial antes de permitir que você abra o sinistro.

Reúna e registre informações importantes

Algumas informações são muito relevantes no caso de um acidente em que o culpado foge, portanto, reúna o máximo de dados que puder para incluir na denúncia para a polícia. 

É claro que nem sempre vamos conseguir ter todas essas informações, mas converse com testemunhas e tente reunir o máximo dessas informações possível:

  1. Número da placa
  2. A marca, modelo e cor do outro veículo
  3. Descrição do outro motorista
  4. Direção que o outro veículo estava seguindo
  5. Local, hora e causa do acidente
  6. Fotos dos danos ao seu veículo, especialmente se a pintura do outro carro estiver visível onde o impacto ocorreu
  7. Fotos da cena do acidente
  8. Descrição dos danos ao outro veículo

Esses detalhes ajudarão as autoridades a localizar o motorista que fugiu do local. Se o acidente aconteceu em um estacionamento, sem a sua presença, você pode buscar imagens do circuito de câmeras do local, seja público ou privado. Documente também os danos ao seu veículo, pois serão necessárias como provas durante a apresentação de relatórios.

Informe sua seguradora

Tão importante quanto acionar a polícia é avisar a sua seguradora do ocorrido. Você não é obrigado a fazer o registro imediatamente depois do acidente, mas aconselhamos fazer isso o quanto antes. Essa ação é de extrema importância, principalmente se você for abrir um processo de sinistro, além de garantir que sua memória está fresca e você poderá registrar com o máximo de detalhes. 

Entre em contato também com a sua corretora de seguros para obter mais detalhes sobre como proceder e entender se a sua cobertura vai ou não vai cobrir o incidente. 

Se você precisar de um reboque, este é um bom momento para entrar em contato com o seu provedor de assistência rodoviária, se tiver.

NÃO inicie uma perseguição ao motorista fujão

Essa é uma ação que não vai te ajudar em nada! Além do risco de provocar um novo acidente, ou de ter que enfrentar um motorista violento, deixar o local do ocorrido é sempre má ideia. Você pode perder a chance de recolher depoimentos, de conversar com testemunhas e obter informações que você não vai conseguir correndo atrás de um carro pelas ruas da cidade. 

Meu seguro cobre hit-and-run?

Se você estiver envolvido em um acidente com fuga, sua apólice de seguro auto pode cobrir algumas despesas, mas o que e como você será indenizado depende das suas coberturas. Veja quais podem te ajudar:

  • Collision: cobre danos ao seu próprio carro. Embora a culpa não seja sua, você ficará com o prejuízo do valor da franquia. A não ser que o motorista infrator seja encontrado, nesse caso, ele pode ser obrigado a pagar a franquia e você consegue reembolso desse valor. 
  • Uninsured Motorist: a cobertura para motoristas sem seguro ajuda a pagar despesas médicas, salários perdidos ou danos ao seu carro se o motorista culpado pelo acidente não tiver seguro ou se o motorista culpado pelo acidente for bem sucedido na fuga. A sua seguradora pode exigir prova de que o outro motorista não era segurado, o que pode ou não ser possível após a fuga.
  • Uninsured motorist property damage: novamente, este seguro pode ajudar com danos ao seu carro ou outra propriedade, mas pode haver restrições ao seu uso, dependendo da sua seguradora.
  • Personal injury protection (PIP): paga por pagamentos médicos, salários e mais, não importa quem é a culpa no acidente (dependendo do seu estado).

Seu agente BRZ é o seu melhor recurso se você se encontrar nessa situação infeliz. Estamos sempre à disposição tanto para planejar suas coberturas e evitar dores de cabeça futuras, como para ajudar a encontrar os melhores meios de redução de danos quando o acidente já aconteceu. 

Conheça nosso seguro auto

Faça uma simulação

Posts relacionados

>5 razões para nunca mentir para a sua seguradora
5 razões para nunca mentir para a sua seguradora

Listamos 5 razões para você nunca mentir para a sua seguradora, saiba quais são as consequências e como evitar problemas na hora de adquirir o seu seguro.

>Infestação de pragas: o seu seguro residencial cobre esse dano? 
Infestação de pragas: o seu seguro residencial cobre esse dano? 

Você sabe se o seu seguro residencial cobre infestação de pragas? Provavelmente não. Mas o que pode proteger a sua propriedade desse problema?

>O meu seguro residencial cobre mofo?
O meu seguro residencial cobre mofo?

A umidade traz o mofo e o mofo traz os problemas respiratórios. Você sabe como o seu seguro residencial te ajuda em caso de mofo?

\

Vem pra nossa comunidade

Somos uma seguradora feita de pessoas para pessoas. Uma comunidade que fala a mesma língua, de gente de olho no futuro. Um lugar feito pra você se sentir em casa, com toda a proteção e cuidado que um lar oferece. Pode chegar.

Simulação Rápida