Conheça nosso seguro de Casa

Seguro de Casa

x

Infestação de pragas: o seu seguro residencial cobre? 

Infestação de pragas pode trazer grandes prejuízos para o proprietário de uma casa. 

Cupins, formigas e ratos, oh my! Assim como os leões, tigres e ursos que assustavam Dorothy e seus amigos do Mágico de Oz, os três bichinhos citados no início formam uma trinca assustadora. Se sua casa for infestada por qualquer um deles, a dor de cabeça será enorme. 

Você sabe se o seu seguro residencial cobre infestação de pragas? Provavelmente não. Grande parte das apólices de Homeowners exclui incidentes desse tipo, a não ser em determinadas situações. 

Neste artigo vamos abordar a forma que as seguradoras enxergam as infestações de pragas e o que você pode fazer para proteger a sua casa deste triste destino. 

Por que o seguro residencial não costuma cobrir controle de pragas?

Como já vimos no nosso artigo sobre vazamentos no telhado, danos causados a sua casa por falta de manutenção, mal uso ou desgaste do tempo, não costumam ser cobertos pelo seu Homeowners Insurance. O mesmo acontece nos casos de infestações de praga, a maioria das apólices atribui a culpa dessas infestações ao segurado porque entende-se que é sua responsabilidade realizar a manutenção devida regularmente para evitá-las.

Embora ninguém convide insetos para sua casa, ainda que você ou quem mora com você não tenha notado a infestação, e que provavelmente sua casa sofra sérios danos como resultado, você ainda pode ser culpado por negligência e ter seu claim negado. 

Se você está em dia com os reparos e cuidados da sua casa, é importante manter registros de manutenção regular, como da inspeção anual da casa por um exterminador licenciado. Fazer isso pode demonstrar que você levou a sério suas responsabilidades de manutenção e aumentar suas chances de ter claims aprovados no futuro.

Danos causados por pragas NÃO cobertos

As suas probabilidades de ser coberto por danos causados por pragas dependem da natureza do dano. Por isso é tão importante entender cada letrinha da sua apólice e já saber, antes de assinar o contrato, o que pode ou não ser incluído na cobertura. Aqui na BRZ falamos a sua língua e estamos sempre prontos para orientá-lo da melhor forma. 

Separamos alguns exemplos de infestações comuns que não fazem parte da sua apólice de Homeowners:

  • Danos causados ​​por cupins: Danos estruturais resultantes de uma infestação de cupins, ou outras pragas, como formigas carpinteiras, são considerados evitáveis ​através de manutenções. Cupins podem causar sérios danos a tudo que é feito de madeira da estrutura da sua casa. Felizmente, a maioria das empresas de controle de pragas pode identificar e remover esses convidados indesejados, portanto, verifique sua casa regularmente em busca de sinais de danos.
  • Danos causados ​​por roedores: Embora sua apólice de seguro possa cobrir danos inesperados causados ​​por roedores, como danos à fiação elétrica externa, ela provavelmente não cobrirá o controle de pragas. A maioria das políticas também não cobre a remoção de roedores de casa. 

Do que é feita a sua casa? Saiba mais sobre os materiais e construções nos EUA.

Quando os danos de pragas são cobertos? 

Danos evitáveis x Danos inesperados

Como quase todos os seguros, o seu seguro costuma cobrir apenas danos causados ​​por pragas fora de seu controle, também conhecidos como danos inesperados. Por exemplo, danos por pragas que conseguiram entrar em sua casa devido a danos causados ​​por inundações ou outros eventos imprevistos. No entanto, se esses eventos se combinarem com danos evitáveis ​​por pragas, isso poderá levar a um processo de claim mais complicado.

O controle de pragas é parte de sua responsabilidade como proprietário – assim como cortar a grama ou consertar uma torneira pingando. É por isso que os danos causados ​​por cupins geralmente não são cobertos pelo seguro residencial. É algo que você pode evitar através de manutenção regular.

Para determinar se o seu seguro residencial vai cobrir ou não seus danos causados ​​por pragas, a sua seguradora vai avaliar se você poderia ter evitado o dano por meio de manutenção de rotina. Ao registrar um sinistro, você terá que responder a uma série de perguntas que irão determinar se seu dano vai ser coberto.

Danos Secundários de Infestações de Pragas

Embora muitas apólices de seguro residencial não cubram diretamente os danos causados ​​por pragas, os danos secundários causados ​​por pragas ainda podem ser cobertos.

Por exemplo, você provavelmente não poderá obter compensação para substituir o isolamento que foi destruído por uma infestação de roedores. No entanto, se um rato mastigar um fio e resultar em um incêndio elétrico, sua apólice de seguro ainda poderá cobrir os danos causados ​​pelo incêndio.

Mesmo que sua companhia de seguros determine que o dano ocorreu fora de seu controle, eles provavelmente pagarão apenas pelos danos inesperados, mas não pelos serviços de controle de pragas.

Porém, se acontecer um dano feito por um animal selvagem que você não pode controlar, como por exemplo, um cervo batendo no seu portão ou um guaxinim saqueando sua garagem, sua apólice residencial provavelmente vai cobrir. Afinal, esse tipo de dano é repentino e puramente acidental.

Que tipo de dano as pragas podem causar à minha casa?

  • Ninhos: ratos e camundongos geralmente escolhem cavidades nas paredes ou sob as tábuas do piso e rasgam materiais como o isolamento da parede para fazer um ninho aconchegante.
  • Danos a estrutura: ratos roem todos os tipos de objetos duros. Incluindo materiais de construção, como vigas de madeira do piso e do telhado, plásticos, metais macios e até alguns tipos de tijolos.
  • Fiação e tubulação: roedores podem abrir caminho pela fiação elétrica, tubulações de água e gás da sua casa, levando a risco de curto-circuito, incêndio e inundações.

Quais são os sinais de infestação de pragas?

Roedores:

  • Excrementos: excrementos de ratos e camundongos são marrom-escuros e têm a forma de grãos de arroz.
  • Barulhos noturnos: ratos geralmente são ativos à noite – então você pode ouvir ruídos de correr ou arranhar ou até mesmo guinchos na hora de dormir.
  • Ninhos: verifique os cantos e cavidades na sua parede, espaços no telhado para ninhos de ratos feitos de materiais macios, como isolamento e jornal picado.
  • Áreas roídas e buracos: ratos e camundongos deixarão marcas de dentes por aí. Procure por marcas na madeira ao redor dos rodapés, caixas de papelão e buracos roídos no telhado.
  • Pegadas: se você suspeitar de uma infestação de ratos em sua cozinha, tente polvilhar o chão com farinha durante a noite e verifique se há pegadas pela manhã.
  • Caminhos de ratos: ratos tendem a usar a mesma rota dentro e fora da propriedade e ao redor da casa, que ficará suja com o tempo.

Percevejos

Acordar com manchas de coceira, manchas de sangue e/ou excremento de percevejos cor de ferrugem nos lençóis. 

Como manter as pragas longe de sua casa

Selar as brechas

Verifique e sele todas os possíveis pontos de entrada para a sua casa a partir do térreo. Ratos e camundongos podem se espremer pelo menor dos buracos. Verifique especialmente em torno dos pontos onde a tubulação entra em sua casa, verifique se há tijolos quebrados e examine as aberturas. Instale barreiras ou armadilhas de interceptação nos drenos.

Mantenha uma excelente higiene alimentar

Resto de comida costuma atrair todo tipo de bicho que a gente não quer em casa. Mantenha  sua cozinha (e o resto da casa) sempre limpa, sem migalhas e respingos de comida do chão e das superfícies. Armazene os restos de comida em recipientes fechados. Jogue fora os alimentos não consumidos e lave bem as tigelas dos animais.

Gerencie o lixo doméstico

Não deixe acumular lixo na lixeira da cozinha, verifique sempre a ocupação das lixeiras de fora e se as tampas estão encaixando direito. Se você faz compostagem, faça sua compostagem em um recipiente selado.

Mantenha o jardim limpo

O “abandono” do jardim, com pilhas de folhas, cortadores de grama, resto de material de construção e madeira, são uma boa fonte de abrigo e material de ninho para pragas. Portanto, mantenha seu jardim limpo e aproveita pra ir passar um tempo ao ar livre. 

Aspire o quarto

Os percevejos não se escondem apenas na sua cama, eles podem viver na estrutura da cama ou nos rodapés. Mantenha a área ao redor de sua cama o mais organizada possível e aspire sua cama e a área ao redor regularmente.

Faça inspeções regulares

Pelo menos uma vez por ano chame um exterminador licenciado para inspecionar as condições da sua casa e identificar eventuais infestações que você não tenha identificado. 

Trate qualquer infestação de pragas rapidamente 

Se identificar uma infestação de pragas, por menor que ela pareça, não deixe as coisas piorarem. Quanto mais cedo você se livrar desse problema, menores serão as consequências e os prejuízos. 

Comunique a sua seguradora

Mesmo que você já saiba que não será coberto, se você tiver um incidente, comunique a sua seguradora imediatamente. Eles precisam documentar os danos à sua casa e atualizar as informações da sua apólice.

Esperamos de coração que você não passe por uma dor de cabeça dessas. Seja criterioso com as manutenções regulares da sua casa e as suas chances de ter que lidar com pragas diminui consideravelmente. 

Entre em contato com nossos especialistas para saber como manter a sua casa segura e protegida. 

Se quiser saber mais sobre manutenções, confira nossos artigos sobre o assunto: 

Manutenção de Primavera para a sua casa

Manutenção da sua casa para o Outono  

Dicas de manutenção para evitar vazamentos no seu telhado

Conheça nosso seguro de Casa

Seguro de Casa

Posts relacionados

>O que é World AIDS Day?
O que é World AIDS Day?

Você sabe o que é o World AIDS Day? Te explicamos como a data surgiu e como já afetou o conhecimento e a forma do mundo lidar com o vírus.

>Por que operações digitais podem afetar a sua apólice de D&O?
Por que operações digitais podem afetar a sua apólice de D&O?

Como a falta de cyber security pode afetar a diretoria da sua empresa e sua apólice de D&O? Como evitar prejuízos permanentes? Saiba mais.

>Qual a história por trás do feriado de Thanksgiving?
Qual a história por trás do feriado de Thanksgiving?

Pra quem só conhece o Thanksgiving pela TV e quer saber mais sobre a origem do tradicional feriado nos EUA, trazemos um pouco de história e falamos sobre o que poderia fazer parte daquela primeira refeição compartilhada.

\

Vem pra nossa comunidade

Somos uma seguradora feita de pessoas para pessoas. Uma comunidade que fala a mesma língua, de gente de olho no futuro. Um lugar feito pra você se sentir em casa, com toda a proteção e cuidado que um lar oferece. Pode chegar.

Simulação Rápida