Conheça nosso seguro de Casa

Seguro de Casa

x

O que é Full Replacement Cost no seguro residencial?

Se você já cotou, simulou ou contratou um seguro residencial, provavelmente já ouviu falar em Actual Cash Value e em Full Replacement Cost, já que essas são opções que fazem parte do seu Homeowners Insurance e da sua cobertura de Personal Property. A escolha entre as duas coberturas é um dos fatores que podem alterar a sua taxa de seguro, mas também modificam o que você recebe na hora do prejuízo. 

O que é Homeowners Insurance?

Homeowners Insurance é o seguro residencial que se assemelha em vários aspectos, seja para proprietários de casa, Renters (inquilinos) ou ou proprietários de apartamento. Esse tipo de seguro tem algumas variações e há sempre uma opção que se encaixa na sua situação. 

As apólices de seguro residencial costumam vir com as seguintes coberturas: 

  • Home insurance: o seguro do seu patrimônio
  • Personal property: o seguro dos seus pertences
  • Personal liability: sua segurança jurídica. 

O que é Personal Property Coverage?

A cobertura de bens pessoais é uma parte essencial do seu seguro residencial.  Ela protege financeiramente os seus pertences dentro da sua casa e melhor, fora de casa também. 

O que é Full Replacement Cost? Como funciona? 

Tanto para os seus bens pessoais como para a estrutura da sua casa, você tem duas opções de recebimento da sua indenização, caso um sinistro aconteça. As opções são:

  • Actual cash Value (valor real)
  • Full Replacement Cost (custos de substituição)

Full Replacement Cost, significa “custo para plena substituição”, ou seja, é o valor que custaria para reconstruir sua casa inteira, do jeitinho que ela está hoje. No entanto, você precisa garantir esse valor total, especificando essa cobertura e como ela vai ser feita na sua apólice. 

Algumas apólices de seguro residencial e endossos também cobrem o custo de substituição de bens pessoais. Esta é geralmente a opção mais recomendada, uma vez que aproxima os proprietários da sua situação de vida antes de ocorrer um perigo coberto.

Fique atento: Algumas seguradoras oferecem um custo de substituição funcional que pode não cobrir o custo de reconstrução de sua casa com materiais do mesmo tipo e qualidade. 

Como é calculado o custo de Full Replacement? 

O custo de substituição geralmente é calculado usando o preço inicial pago pela casa (ou objetos) ou o custo de construção física da casa quando ela foi comprada, sem contar qualquer possível depreciação.

É importante lembrar que esse valor é o da casa, da estrutura construída, o terreno em que a casa foi construída é reduzido desse valor. Pode ser interessante contratar um empreiteiro ou avaliador para avaliar o custo de substituição da sua casa. 

É melhor deixar para um especialista a precificação do custo dos materiais de construção (como o granito do baneira, as belíssimas janelas de madeira, e a bancada de mármore da cozinha), quaisquer reformas que foram feitas e o valor de determinados acessórios ou espaço adicional (como varanda, porão reformado ou garagem remodelada) e chegar a um valor fundamental da sua casa.

Para um exemplo, digamos que você comprou uma nova casa por $400.000. O preço provavelmente incluiu o custo do lote + o custo de construção da habitação. Se o lote vale $50.000, sua casa pode ser segurada no valor de $350.000. 

Às vezes, o custo de substituição é pago em duas parcelas. Primeiro, a seguradora paga o valor real em dinheiro ou metade do custo de reposição. Depois dos reparos, você enviar a documentação para a seguradora e ela pagará o custo de substituição restante.

Perguntas comuns sobre o Full Replacement Cost

Apesar do que pensamos de imediato, o preço de compra da sua casa não é a variável mais importante para determinar o valor em que ela será segurada. 

Por causa disso, para tirar algumas dúvidas, incluímos alguns cenários que podem te ajudar a compreender melhor como a cobertura funciona:

Por que o valor de substituição da minha casa é maior que o valor que eu paguei na compra?

Se os materiais da sua casa forem raros, personalizados ou muito especiais, se sua casa tem características únicas, muitas vezes custa mais para substituir mesmo. Muitas vezes, custa mais do que o valor de mercado atual para substituir casas antigas e históricas ou uma casa que tem materiais de alta qualidade, se a ideia é trazer materiais e os trabalhos manuais o mais próximo do original possível.

Por que o valor de substituição da minha casa é menor que o valor de mercado dela?

O valor de mercado da sua casa não é determinado somente pela construção, ele inclui o valor do terreno e sua localização também. Além disso, é levado em consideração a demografia da área, as condições da vizinhança e das propriedades vizinhas, entre outras coisinhas. 

O Full Replacement Cost cobre o custo de reconstrução da estrutura, incluindo acessórios (como lustres, pias e portas) e sistemas relacionados.

Se eu tiver feito uma hipoteca, essa cobertura cobre todo o valor financiado?

O valor total da sua cobertura é estipulado por você, a maioria das apólices exige que você assegure sua casa em pelo menos 80% do valor do custo de reconstrução, porém os credores geralmente têm seus próprios requisitos mínimos de seguro residencial. Em alguns casos, seu credor pode exigir apenas que você mantenha uma política que cubra seu saldo de hipoteca atual. 

Seu credor também pode exigir que você inclua uma cláusula de hipoteca em sua apólice de Homeowners. Esta cláusula é um contrato separado entre sua seguradora e seu credor que garante que o credor será pago em caso de perda ou reclamação feita na propriedade. 

Como é possível custar mais para reconstruir uma casa que acabou de ser construída?

Quando você constrói uma casa do zero, você compra uma quantidade absurda de materiais de construção, então é possível economizar no volume, na escala. No entanto, para reconstruir a casa, o empreiteiro vai precisar encontrar os materiais na mesma condição da primeira compra. 

E ainda existem materiais com preços flutuantes, que podem custar um preço no momento da construção, outro bem diferente na avaliação e outro no momento da reconstrução. Também é importante considerar o valor de mão de obra e transporte que sofre constantes mudanças. 

A taxa de inflação é um dos principais indicadores levado em conta para acompanhar as variações dos custos e para reajustar os valores das apólices de ano para ano. 

Extended Replacement Cost 

Quando você cobre a sua casa por Full Replacement Cost, você ainda tem a opção de estender a sua cobertura, para uma proteção extra e para não correr o risco de tomar um tombo da inflação.  

Se a reconstrução da casa custar mais do que o estimado originalmente, esse tipo de apólice fornecerá cobertura acima e além do valor da cobertura, variando de 125% a cobertura ilimitada (dependendo do seu estado e seguradora). 

Questione o seu agente de seguros sobre essa possibilidade. 

Será que essa cobertura é para mim?

O valor que você vai segurar a sua casa e a modalidade de indenização que você vai receber é uma decisão sua. Fazer a cobertura de Full Replacement Cost pode subir um pouco o valor das suas taxas, mas é um pagamento recorrente e relativamente baixo. Considere o quanto você pode ter que gastar caso a sua indenização seja insuficiente para reconstruir a sua casa. 

Porém, é importante levar em conta a cobertura do conteúdo da casa, de outras estruturas na propriedade, coberturas adicionais, coberturas para riscos climáticos, e de responsabilidade. Entre em contato com um agente BRZ para te orientar na escolha de um Homeowner Insurance com coberturas que atendam as suas necessidades em equilíbrio com o valor que você pode pagar. 

Assim como na avaliação da casa, um profissional especializado e empenhado em te ajudar, é fundamental para a contratação de um seguro que proteja a sua casa e o seu bolso. 

Conheça nosso seguro de Casa

Seguro de Casa

Posts relacionados

>5 Mitos e Verdades sobre Seguros nos EUA
5 Mitos e Verdades sobre Seguros nos EUA

Existem muitos mitos e verdades quando falamos sobre seguro nos EUA. Saiba o que é fato e o que é boato e se proteja com conhecimento e propriedade.

>ITIN: o que é e pra que serve?
ITIN: o que é e pra que serve?

ITIN é um documento fundamental para a sua organizar sua vida burocrática e financeira nos Estados Unidos. Não sabe o que é? Vem com a gente!

>Você sabe o que é REAL ID?
Você sabe o que é REAL ID?

REAL ID é uma carteira de motorista que também é aceita como documento de identidade pelo governo federal. Saiba como fazer a sua.

\

Vem pra nossa comunidade

Somos uma seguradora feita de pessoas para pessoas. Uma comunidade que fala a mesma língua, de gente de olho no futuro. Um lugar feito pra você se sentir em casa, com toda a proteção e cuidado que um lar oferece. Pode chegar.

Simulação Rápida