Conheça nosso Workers’ Compensation

Faça uma simulação

x

O barato que sai caro na hora de contratar o seu Workers’ Compensation

Workers’ Compensation é um seguro fundamental, já que ele compensa o trabalhador que se acidenta na execução do seu serviço. A compensação vai desde assistência médica até renda de substituição após uma lesão séria no trabalho ou doença ocupacional.

No entanto, os benefícios do seguro não são automáticos. Não seguir os procedimentos adequados pode resultar na diminuição do valor a receber ou até mesmo no cancelamento da indenização. 

Na (legítima) intenção de economizar, muita gente tenta economizar nas taxas de seguro sem calcular os riscos nem saber mais sobre quem está operando este seguro. Essas e outras escolhas podem fazer com que seu seguro barato saia caro no fim das contas. 

1. Não ter um programa de segurança documentado em vigor

Criar um programa de segurança bem feito e bem estruturado leva tempo e há quem queira pular essa etapa. O programa é obrigatório em 22 estados, mas mesmo em regiões em que não há obrigação, o programa mostra às seguradoras que você está comprometido em criar um local de trabalho seguro para seus funcionários.

Além disso, o programa te leva a analisar todos os riscos do segmento da sua empresa (você encontra materiais de referência no OSHA), desenvolver processos padronizados, encontrar formas de educar e treinar seus funcionários e criar um sistema de rastreio e investigação dos acidentes que já aconteceram. 

Sem um plano de segurança, não só seus funcionários podem estar em risco como a seguradora por negar o claim por negligência. 

2. Não ter um programa de retorno ao trabalho

Acidentes são inevitáveis, esse é justamente o motivo para que você garanta o seu seguro. Tão importante quanto é ter um programa de retorno ao trabalho (Return-to-Work Program). Esse programa permite que os trabalhadores que não possam desempenhar suas funções habituais trabalhem em uma capacidade limitada ou temporária de serviços leves.

Além de ser uma excelente forma de mostrar aos seus funcionários que eles têm valor na empresa e que você se importa com a dor deles, sempre que um sinistro permanece em aberto, o dinheiro do seu seguro é cobrado, o que significa que esses custos são repassados ​​para sua empresa. 

Uma reclamação trabalhista deve ser encerrada o mais rápido possível, e uma maneira de fazer isso é levar o funcionário de volta ao trabalho, mesmo que seja apenas meio período.

3. Fornecer informações imprecisas ou incompletas

Fornecer informações imprecisas, omitir uma lesão anterior, alterar a história de como a lesão ocorreu ou ocultar registros durante o processo é um dos erros mais graves de Workers’ Compensation, porque isso é considerado fraude e fraude em seguro é crime, dos graves.

A fraude pode resultar na negação de benefícios mesmo em situações em que você poderia ter sido qualificado se tivesse sido honesto.

Mas nesse caso, ter o claim negado é o menor dos seus problemas, as implicações são muito maiores. Uma fraude desse tipo, se descoberta, pode resultar em prisão e reembolso judicial por quaisquer benefícios pagos. Acredite, a chance de ser descoberta é imensa, então não banque o “espertinho”.

4. Demorar para notificar uma lesão

A falha em relatar imediatamente uma lesão no trabalho em tempo hábil pode resultar em uma variedade de complicações. Por exemplo, o atraso pode resultar em atraso no processamento do claim, deixando o trabalhador acidentado sem acesso a benefícios imediatos.

O atraso na notificação também pode tornar mais difícil para o trabalhador acidentado demonstrar que a lesão foi relacionada ao trabalho, potencialmente resultando em uma reclamação contestada ou até mesmo na negação da reclamação.

5. Falhar no incentivo de um local de trabalho saudável e livre de álcool e drogas

O uso de drogas ou álcool no local de trabalho ou nos horários de expediente é uma maneira fácil de ocorrer acidentes e lesões. Mesmo que as políticas de sua empresa não incentivem o uso dessas substâncias, é importante esclarecer que esse tipo de uso não é bem vindo.

Lesões relacionadas a drogas ou álcool, mesmo não sendo sua culpa podem acabar virando prejuízo da sua empresa. 

6. Misturar cargos e funções 

Você costuma pedir aos seus funcionários que desempenhem algum papel que não faz parte da sua função? Essa atitude pode não ser uma boa ideia, principalmente ao se tratar de Workers’ Compensation. Pedir a um vendedor que leve caixas grandes de produtos para o estoque, ou a uma garçonete que mova as mesas do seu restaurante pode causar problemas se isso não estiver na descrição de trabalho deles. 

Ao permanecer dentro dos deveres exigidos de seus cargos, seus funcionários podem evitar possíveis lesões e reclamações negadas devido desvio de função. 

Quer saber mais sobre Workers’ Compensation? 

Já falamos outras vezes sobre Workers’ Compensation no blog, acesse para se informar ainda mais sobre esse assunto tão importante:

O que é Workers’ Compensation e como funciona?

Seguros em Dose dupla: Workers Compensation & General Liability

Proprietário de empresa de construção se declara culpado de fraude fiscal e de Workers’ Compensation no valor de US $ 1 milhão

Você também pode entrar em contato com um agente BRZ para fazer uma simulação ou mesmo para tirar dúvidas e entender como contratar o Workers’ Compensation ideal para a sua empresa e seus funcionários.

O barato que sai caro

O barato que sai caro é uma série de artigos que mostram que economizar nos seguros nem sempre é uma boa ideia. Conheça os outros artigos:

O barato que sai caro na hora de contratar o seu Seguro de Carro

O barato que sai caro na hora de contratar o seu Seguro de Casa

Conheça nosso Workers’ Compensation

Faça uma simulação

Posts relacionados

>O que é World AIDS Day?
O que é World AIDS Day?

Você sabe o que é o World AIDS Day? Te explicamos como a data surgiu e como já afetou o conhecimento e a forma do mundo lidar com o vírus.

>Por que operações digitais podem afetar a sua apólice de D&O?
Por que operações digitais podem afetar a sua apólice de D&O?

Como a falta de cyber security pode afetar a diretoria da sua empresa e sua apólice de D&O? Como evitar prejuízos permanentes? Saiba mais.

>Qual a história por trás do feriado de Thanksgiving?
Qual a história por trás do feriado de Thanksgiving?

Pra quem só conhece o Thanksgiving pela TV e quer saber mais sobre a origem do tradicional feriado nos EUA, trazemos um pouco de história e falamos sobre o que poderia fazer parte daquela primeira refeição compartilhada.

\

Vem pra nossa comunidade

Somos uma seguradora feita de pessoas para pessoas. Uma comunidade que fala a mesma língua, de gente de olho no futuro. Um lugar feito pra você se sentir em casa, com toda a proteção e cuidado que um lar oferece. Pode chegar.

Simulação Rápida